: O que é Pop Art

O que é Pop Art



Se a arte tem como conceito imitar a vida, a pop arte cumpre esse papel com excelência. 

A Pop Art foi um movimento inspirado na cultura de massa, ou seja, popular, essa vertente transformava temas do cotidiano em obras, refletindo de maneira criativa e ácida os traços e contornos da sociedade de consumo.

Surgiu no final dos anos 50, foi nos Estados Unidos e na Inglaterra que ela teve destaque. Suas raízes provém do dadaísmo de Duchamp (a utilização do non-sense ou falta de sentido que pode ter a linguagem, como na fala de um bebê) e tinham como objetivo fazer oposição ao expressionismo abstrato, que predominava desde o término da Segunda Guerra Mundial, trazendo a tona o conceito de arte figurativa.

Uma das principais características da pop arte era a crítica irônica que fazia a sociedade, por meio dos objetos de consumo. Temas da publicidade, quadrinhos, ilustrações entre outros, eram constantemente utilizados como inspiração para compor sua trajetória no mundo das artes.

Marilyn Monroe, de Andy Wharhol


Impossível falar de pop arte sem citar Andy Wharhol, com uma visão irônica e ácida do mundo, ele costumava fazer serigrafias e retratos seriados sobre telas de mitos como Marilyn Monroe, Pelé, Elizabeth Taylor, Jacqueline Kennedy e Elvis Presley. O que possibilitou que ele mostrasse sua concepção da produção mecânica da imagem em substituição ao trabalho manual.

Além de Andy Wharhol, outros artistas como Robert Rauschenberg, Roy Lichtenstein, Andy, Cleas Oldenburg, Georges Segal, também ajudaram a construir a história da Pop Arte.






O Brasileiro Romero Britto é considerado um ícone da cultura pop, tem criado obras-primas que invocam o espírito de esperança e transmitem uma sensação de aconchego, colecionadores e admiradores a chamam de “arte da cura”.
Sua arte contém cores vibrantes e composições ousadas, criando graciosos temas com elementos compostos do cubismo. Britto tem suas pinturas e esculturas presentes nos cinco continentes e em mais de 100 galerias no mundo.



A Pop arte continua atual e é um recurso muito utilizado em publicidade.


A campanha “Yes, we can!” de Barack Obama para a corrida presidencial nos EUA, teve a utilização de recursos do “pop art” e representou uma inovação na comunicação visual de campanhas políticas, evidenciou o aspecto jovial de Obama em contraposição ao septagenário John McCain. A campanha de Obama causou forte impacto no mundo inteiro, levou prêmios e obteve a resposta esperada: vitória nas urnas.


Lady Gaga





Campanha Colorize da Ray-Ban