: As exóticas árvores de Socotra

As exóticas árvores de Socotra

A árvore Sangue de Dragão, assim chamadas por terem uma seiva vermelha, são endêmicas do arquipélago de Socotra, tem aspecto  exótico e antigamente tinha uso medicinal e era usada como tintura. Junto com árvores de mirra e incenso, deu fama e nome a Socotra, cuja melhor tradução é “mercado de cheiros”.



O grande isolamento geológico do arquipélago de Socotra, juntamente com o intenso calor e a falta de água, deu origem a uma interessante flora, pelo menos um terço das 825 espécies de plantas são endêmicas.








Socotra ou Socotorá é um pequeno arquipélago, formado por quatro ilhas no Oceano Índico, a 350 km a sudeste da costa do Iêmen. Formado por uma ilha montanhosa principal, Socotorá (3625 km²), três ilhas menores, conhecidas como "Os Irmãos" (Abd Al Kuri, Samha e Darsa), e ainda outras pequenas ilhotas desabitadas. Abd Al Kuri e Samha somam uma população de umas poucas centenas de pessoas, enquanto que Darsa está desabitada. A principal cidade é Hadiboh (43 000 habitantes em 2004).